Ferrari Materiais Elétricos

Ferrari Materiais Elétricos Loja de Materiais Èletrico



Ferrari Materiais Elétricos distribuidor de materiais eletrico sorocaba



Ferrari Materiais Elétricos Loja de Materiais Èletrico



Ferrari Materiais Elétricos distribuidor de materiais eletrico sorocaba



ENTENDA O QUE É A CASA INTELIGENTE


ENTENDA O QUE É A CASA INTELIGENTE Ferrari Materiais Elétricos distribuidor de materiais eletrico sorocaba

As chamadas “casas inteligentes” despertam cada vez mais interesse em todo o mundo, tornando-se uma verdadeira sensação no mercado de tecnologia.  Os projetos residenciais incluem adaptações de tecnologias ao próprio projeto de construção civil, com sistemas e equipamentos integrados nos diversos ambientes, que podem ser concebidos de acordo com as necessidades e expectativas de cada consumidor. Com o crescimento vertiginoso do número de lares conectado à internet no Brasil  e o acesso cada vez maior aos bens de consumo tecnológico, espera-se paralelamente o desenvolvimento dos diversos setores, entre eles, a casa inteligente.

Sofisticados sistemas de automação e cabeamento convergem com um conjunto de atuadores que são conectados a centrais computadorizadas de controle para produzir soluções integradas para automação de serviços residenciais. Trata-se de um trabalho multidisciplinar já que um projeto envolve, além do pessoal da área de tecnologia, o arquiteto, o construtor e logicamente, o usuário do sistema.

Além de oferecer sistemas de segurança cada vez mais sofisticados, a casa do futuro deverá ser cada mais responsiva e flexível . Entre os inúmeros benefícios, estão também a comodidade, a interatividade e a economia de custos e de energia. As aplicações em cada uma dessas áreas estão cada vez mais diversificadas apresentando sistemas de automação cada vez mais abrangentes. Um dos setores que mais se desenvolve é o da segurança, apresentando alarmes cada vez mais sofisticados, sistemas de monitoramento por controle à distância, circuitos fechados de tv e controles de acesso; o controle da iluminação já não é novidade e portas e cortinas automáticas é um conforto ao qual as classes A e B já estão se acostumando. Novos softwares integrativos permitem a existência de controladores e centrais de automação  que poderão controlar inclusive sistemas utilitários como bombas e limpeza de piscinas, controle de sauna, irrigação automática, e na área de entretenimento: vídeo e áudio distribuídos e tv por assinatura, telefonia e redes, ar condicionado e aquecimento.



A Internet das Coisas
“Internet das Coisas” é um termo popular que abrange todo e qualquer objeto com algum processamento eletrônico, os chamados “objetos inteligentes”, num mundo onde essa “inteligência” vai pouco a pouco se tornando onipresente. É a colocação dos objetos em rede, juntamente com serviços web que integraminformação a esses objetos.  A internet das coisas usa tecnologia como RFID (Resource Description Framework), que possibilita a descrição das propriedades, das ligações dos dados e relação entre objetos e outras tecnologias como: sensores, rede wirelles, etiquetas com códigos 2D e smartphones. Já são muitos os objetos conectados, tais como geladeiras, forno de microondas, home teather, óculos, carros e elevadores. Com a constatação cada vez maior da usabilidade desta rede, grandes empresas vem tomando a iniciativa para unificar a internet das coisas. Eles pretendem estabelecer padrões, criando protocolos em comum para garantir a conexão entre os mais variados dispositivos. Em 2014 a Samsung anunciou que vai investir mais, reforçando sua linha de televisores,  móveis e eletrodomésticos com dispositivos  mais avançados e inovadores conectados à internet, em parceria com empresas de conteúdo e outros produtos. A tecnologia caminha a passos largos: tênis inteligente já vem com bluetooth que vibra para ajudar a achar o caminho, geladeiras inteligentes vem com aplicativos que ajudam a manter os alimentos saudáveis e cujo estoque pode ser consultado através do smartphone. Um exemplo interessante de “internet das coisas” é o protótipo Mobii, que está sendo criado pela Intel em parceria com a Ford. O interior do automóvel será totalmente reiventado pela tecnologia; uma câmera fará o reconhecimento do motorista através do rosto. O sistema conhecerá a rotina do proprietário do veículo a fim de oferecer informações úteis a seu cotidiano. Se o sistema não reconhecer a pessoa ele tira uma foto e envia para o celular do dono. Esses dispositivos funcionarão em rede na Internet das coisas, com acessórios on line que agirão de forma inteligente.






Compartilhar: